Advocacia Criminal no Rio de Janeiro

Depois do COI exigir compliance das cidades-sede, Fifa faz o mesmo com a CBF

Menino com uniforme da seleção brasileira observa Rio de Janeiro do alto

O especialista em Direito Penal Econômico Francisco Ortigão observou que o Comitê Olímpico Internacional (COI) vai exigir, pela primeira vez, a adoção de um programa de compliance das cidades-sede das Olimpíadas a partir de 2024. A notícia foi publicada na semana passada pelo site Consultor Jurídico. Agora foi a vez de a Fifa exigir compliance da CBF .

Advogado Criminal no Rio de Janeiro – Criminalista no Rio de Janeiro – Advocacia Criminal no Rio de Janeiro – Advocacia Empresarial no Rio de Janeiro – Advocacia Trabalhista Empresarial – Compliance – Anticorrupção

Conforme reportagem publicada pelo jornal O Estado de S.Paulo, esta é uma das exigências para a entrega dos recursos prometidos pela Fifa para serem investidos nos estados que não receberam jogos da Copa. São US$ 100 milhões ou cerca de R$ 313 milhões: “As entidades saem de um impasse de três anos e, ao mesmo tempo, evitam que o dinheiro seja transferido para o controle de Marco Polo Del Nero, presidente da CBF e indiciado nos EUA por corrupção”, analisa o texto.

“Para chegar a esse entendimento inicial, a Fifa exigiu novos controles sobre o destino dos recursos, fiscalização e um programa de compliance por parte da entidade brasileira”, afirma o jornal.

Categoria: